O que de mim eu sei!

Eu sei que fiz um caminho longo e no entanto parece que não foi necessário muito tempo, aquele tempo de relogio, do sol e da noite e dos outros! Foi apenas o momento certo e em que eu decidi que queria ser ainda mais eu...

 

As imagens foram tocando cada sentido do meu corpo e de forma impar surgiam na minha cabeça, dando uma amplitude enorme aquilo que parecia acontecer à minha volta. Neste momento eu, de facto, desconheço se existiu, ou se fui apenas eu que as vi e mesmo assim existiram para mim. E sobre as imagens, eu entendi que já estavam na minha cabeça e eu apenas não lhes tinha dado a devida atenção.

 

 

 

 

A águia apareceu de asas abertas e a pairar ao sabor do vento, o sol era quente e amarelo, muito amarelo e os Incas, todas as minhas imagens eram como que num estilo Inca....os golfinhos nadavam e brincavam para mim....e uns dias mais tarde eles estavam mesmo lá....a brincar, a serem felizes, meigos, doces! 

 

Existiram momentos de grande paz, de grande abraço interno e em que foi bom sentir o meu próprio cheiro, o meu próprio amor e quente....e após isso fi-lo mais vezes, grandes e demorados abraços a mim mesma!

 

Este caminho agora começado é o meu caminho, que vai recebendo visitas e encontros. Que em alguns momentos se vai tornando o caminho dos outros e cada pé que nele pisa é um amor maior que tenho, uma oportunidade mais de me encontrar no final.

publicado por Momento de Mudança às 12:17 | comentar | favorito